15 C
Lisbon
17 Fevereiro 2019
Formula 1

William Storey: “Senti que a Williams estava a viver das glórias passadas”

Antes de a Rich Energy se tornar patrocinadora principal da Haas, aquela marca de bebidas energéticas foi apontada como possível patrocinadora da Williams. O director-executivo da marca, William Storey, confirmou que existiram conversações, mas deu a entender que não teve interesse na parceria.

Citado pelo site AutoWeek.com, Storey explicou que sentiu que o negócio da formação de Grove não era o melhor, na sua visão: “Acabei por sentir pena da Williams. Senti que como negócio eles estavam a viver das suas glórias passadas e não geriam um negócio muito bom”.

Este ano, a Williams vai ter um novo patrocinador principal, cuja identidade se vai conhecer na próxima segunda-feira, 11 de Fevereiro. Recorde-se que a Martini optou por cessar a colaboração que manteve entre 2014 e 2018.

Créditos da imagem: Glenn Dunbar/Williams F1

Related posts

Jolyon Palmer com boas perspectivas para o GP de Espanha

Bernardo Matias

Pascal Wehrlein alcançou melhor resultado da carreira em Espanha

Bernardo Matias

Giovinazzi não se quer seguir pelos feitos de Leclerc: “Quero pensar em mim mesmo”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com