• Home
  • Formula 1
  • Webber recorda o duelo com Vettel na Red Bull: “Só não envenenámos a comida…”
Formula 1

Webber recorda o duelo com Vettel na Red Bull: “Só não envenenámos a comida…”

A passagem de Mark Webber na Red Bull terminou no fim de 2013, quando o piloto decidiu mudar-se para o Mundial de Resistência. Dois anos depois de se juntar aos austríacos (2007), teve como seu colega Sebastian Vettel – com quem teve alguns momentos tensos no duelo para a supremacia interna na altura em que a Red Bull ditava o ritmo.

Webber revisitou esses momentos numa entrevista ao site Autoweek.com, em que respondeu assim perante a questão sobre o assunto Vettel:

– Julgo que o que sei é que na altura nós atacámos. Nos campeonatos que disputei em todos esses anos, estive com o Lewis [Hamilton], com o Seb e o Fernando [Alonso]. Fui pressionado pelos melhores e como é óbvio eu e o Seb fomos algumas vezes além dos limites. Isto acontecia para o mundo inteiro ver que nós puxávamos um pelo outro até ao ponto de ruptura e, na altura, foi complicado porque emocionalmente queres que as coisas sejam mais fáceis. Mas os desafios verdadeiramente grandes exigem muito de ti: emocionalmente, pessoalmente, a tua família”.

Actualmente o relacionamento entre ambos é bem melhor, assegurou Webber: “Somos muito bons companheiros, ou amigos, agora eu e o Sebastian falamos muito bem agora, portanto não há amargura residual. Na altura, eu era um anjo? Não. Ele era um anjo? Não. Fizemos tudo menos envenenar a comida um ao outro. Mas isso é a F1. É assim que deve ser. Não procuro vento de cauda. Provavelmente estive no meu melhor quando a minha traseira estava contra o muro. Quando estava a ser atingido de todos os ângulos, provavelmente estava a lutar ainda mais arduamente”.

Créditos da imagem: Getty Images / Red Bull Content Pool

Related posts

Zanardi: “Agora são os comissários da F1 que querem ser estrelas”

Bernardo Matias

Daniel Ricciardo crente em pódio no GP de Abu Dhabi

Bernardo Matias

Martin Brundle: “Energia e motivação de Alonso estão a desvanecer-se”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Login

X

Register