• Home
  • Formula 1
  • Unidade motriz de Räikkönen apta a ser usada no Mónaco
Formula 1

Unidade motriz de Räikkönen apta a ser usada no Mónaco

Kimi Räikkönen abandonou o GP de Espanha com uma avaria no seu Ferrari, que se manifestou com uma perda significativa de potência na 26.ª volta. Contudo, o problema não deverá obrigar à mudança da unidade motriz introduzida precisamente na ronda espanhola após uma outra avaria nos treinos de sexta-feira.

Segundo o site Motorsport.com, ter-se-á tratado de um problema nos cabos que cortou a potência transmitida aos cilindros da parte esquerda do motor V6. Assim, não é uma falha que deixe o equipamento inutilizado, pelo que dever continuar a ser usado no próximo GP.

Como os outros componentes da unidade motriz trocados (turbo e MGU-H) também deveriam durar até ao GP do Mónaco da próxima semana, Räikkönen só deverá ter a próxima evolução do conjunto propulsor no GP da Alemanha marcado para Julho – os planos iniciais passavam por a introduzir no início de Junho no Canadá.

Assim, o finlandês terá que manter os actuais componentes montados em Espanha durante seis corridas, o mínimo para cumprir os limites impostos para todas as 21 corridas sem penalizações. Não obstante, ainda poderá ser penalizado por usar um quarto motor na recta final da época, sendo por isso o objectivo da Ferrari restringi-lo a apenas uma penalização na grelha de partida.

Related posts

Russel não considera o título de F2 “essencial” para chegar à F1

Bernardo Matias

Bottas: “Estudei para ser mecânico e trabalhei em alguns sítios. Esse era o meu plano B”

Bernardo Matias

HISTÓRIA: A saga da Manor (parte 4)

Paulo Teixeira

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Login

X

Register