16.3 C
Lisbon
20 Novembro 2018
Circuitos Destaques

Triunfo caseiro de Filipe Albuquerque a fechar as ELMS

Filipe Albuquerque, em dupla com Phil Hanson, terminou a temporada das European Le Mans Series (ELMS) com o tão desejado triunfo caseiro nas 4 Horas de Portimão. Só na última hora é que a corrida ficou decidida, tendo assistido a uma intensa luta a quatro.

Na fase final da corrida, Albuquerque – que tinha assumido o Ligier #22 da United Autosports depois de Hanson ter começado a prova – susteve atrás de si Will Stevens (Ligier #23 Panis-Barthez Competition) cortando a meta com uma curta margem de 0,520s. De referir que o conimbricense e Hanson, que arrancaram de segundo, só não ocupavam o topo no final da primeira hora – no término de todas as outras horas de prova era o Ligier #22 no topo da tabela.

Stevens, em tripla com Julien Canal e Timothé Buret, saltou do quarto para o segundo posto final no seu ‘stint’, superando Will Owen (Ligier #32, United Autosports) e Andrea Pizzitola (no Oreca #26 da já campeã G-Drive). Owen, que dividiu o carro com Hugo de Sadeleer e Wayne Boyd, fechou o pódio da geral. Henrique Chaves e Konstantin Tereschenko ambicionavam ao pódio depois de partirem de oitavo e até chegaram a rodar no top cinco, mas o infortúnio bateu à porta da dupla da AVF que ficou pelo caminho no decorrer na terceira hora.

Nos LMP3, a vitória foi do Ligier da Inter Europol Competition tripulado por Jakub Smiechowski, Luca Demarchi e Martin Hippe, que cortaram a meta com uma margem tranquila para o segundo classificado – o Ligier da Ecurie Ecosse com Alex Kapadia, Christian Olsen e Colin Noble no cockpit. Mas quem teve mais motivos para celebrar foram Job van Uitert, John Farano e Rob Garofall, que apesar do quinto lugar nesta corrida sagraram-se campeões das ELMS em LMP3.

A Proton alcançou a vitória nos LMGTE, uma vez que o Porsche #77 (Christian Ried, Dennis Olsen, Marvin Dienst) terminou na frente do Ferrari #66 da JMW Motorsport comandado por Alex MacDowall, Liam Griffin e Miguel Molina. Em terceiro lugar ficou o Porsche #88 da Proton, no qual Gianluca e Giorgio Roda se sagraram campeões na categoria dos GT. O carro teve também nesta ronda Matteo Cairoli.

Créditos da imagem de capa: Photo©JEP – www.jakobebrey.com

Related posts

Vergne: “Já não considero a Fórmula E inferior à F1”

Bernardo Matias

Bird coloca pressão em Vergne na luta pelo título de Fórmula E

Bernardo Matias

Formula E: Di Grassi vence primeira corrida em Montreal

Paulo Teixeira

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com