14.8 C
Lisbon
20 Novembro 2018
Destaques WEC

Toyota histórica ao ganhar em Le Mans com o #8 de Alonso, Buemi e Nakajima

A ‘malapata’ está terminada. A Toyota confirmou este domingo o seu primeiro triunfo nas 24 Horas de Le Mans depois de dominar a segunda prova do Mundial de Resistência (WEC) de forma avassaladora e sem problemas de maior. O #8 de Fernando Alonso, Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi levou de vencida na frente do #7 de José-María López, Kamui Kobayashi e Mike Conway, numa prova de azar para os três portugueses que abandonaram.

Na primeira metade da prova, os dois Toyota alternaram na liderança entre si, mas o #8 estabeleceu-se na frente nas horas finais, ficando mais tranquilo durante a manhã – sobretudo a cerca de hora e meia do fim, quando Kobayashi falhou a entrada nas boxes e teve que cumprir uma volta a velocidade lenta devido ao consumo de combustível. O carro foi mesmo penalizado por exceder os limites por ‘stint’. No fim, Nakajima cortou a meta com duas voltas de vantagem.

Os problemas da SMP Racing deixaram a Rebellion tranquilamente como a melhor das outras nos LMP1, com o #3 de Gustavo Menezes, Mathias Beche e Thomas Laurent a superar o #1 de André Lotterer, Bruno Senna e Neel Jani para subir ao lugar mais baixo do pódio da geral.

Em quinto da geral absoluta ficou o melhor dos LMP2. A G-Drive, com o Oreca #26, dominou sempre a categoria com Andrea Pizzitola, Romain Rusinov e Jean-Eric Vergne. Foi o francês a cortar a meta, com duas voltas de vantagem para o segundo classificado Nicolas Lapierre – que dividiu o Signatech Alpine #36 com André Negrão e Pierre Thiriet. O Oreca #39 da Graff encerrou o pódio da categoria com Jonathan Hirschi, Tristan Gommendy e Vincent Capillaire.

A TDS Racing com o #28 e a United Autosports com o melhor Ligier (#32) encerraram o lote dos cinco melhores LMP2. Filipe Albuquerque e os seus colegas Phil Hanson e Paul di Resta rodaram consistentemente no top dez, mas um acidente do escocês no início da manhã nas curvas Porsche motivou o abandono do trio do Ligier #22 da United Autosports. A equipa lusa Algarve Pro Racing também abandonou.

Os LMGTE Pro foram, à imagem dos LMP1, uma questão de apenas uma marca, a Porsche. Os alemães estiveram praticamente sempre com dois carros nos lugares de pódio da classe, com o #92 a levar de vencida graças a Kevin Estre, Laurens Vanthoor e  Michael Christensen. Em segundo ficou o #91 de Frédéric Makowiecki, Gianmaria Bruni e Richard Lietz, que depois de estar numa animada luta contra os Ford durante a manhã conseguiu ganhar tranquilidade nas horas finais. O #68 dos norte-americanos encerrou o pódio com Dirk Müller, Joey Hand e Sébastien Bourdais.

Seguiram-se o Ford #67 e o Chevrolet Corvette #63, enquanto o melhor Ferrari foi o #52 em sexto. O BMW #82 de António Félix da Costa chegou a estar na luta pelos lugares de pódio e estava a discutir o top dez quando ao amanhecer o seu colega Alexander Sims teve um despiste nas curvas Porsche que motivou o abandono.

Por fim, a glória nos LMGTE Am foi do Porsche #77 da Dempsey-Proton. Christian Ried, Julien Andlauer e Matt Campbell dominaram a prova na categoria, com Ried a chegar ao fim quase 1m40s na frente do seu principal perseguidor na recta final, Giancarlo Fisichella. O italiano ajudou o Ferrari #54 a alcançar o segundo posto em parceria com Francesco Castelacci e Thomas Flohr. O pódio dos LMGTE Am ficou fechado por outro Ferrari, o #85 da Keating Motorsports (Ben Keating/Jeroen Bleekemolen/Luca Stolz).

O Porsche #99 da Proton e o Ferrari #84 da JMW Motorsport, que chegou a ocupar o pódio durante algumas horas, encerraram o top cinco da categoria. Não escapando ao mesmo destino dos outros portugueses, Pedro Lamy abandonou depois do seu colega Paul Dalla Lana sair de pista nas curvas Porsche ao princípio da noite, danificando irremediavelmente o Aston Martin #98 em que também esteve Mathias Lauda.

Related posts

WEC terá modelos baseados em hipercarros a partir de 2020/2021

Bernardo Matias

Sébastien Ogier ganhou o Rali de Portugal

Bernardo Matias

Bruno Magalhães vai ao Rali Barum Zlín

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com