16 C
Lisbon
18 Dezembro 2018
Formula 1

Silverstone quer continuar na F1, mas não a qualquer preço

Continua a incerteza em torno do GP da Grã-Bretanha em Silverstone. A cláusula que permitia os responsáveis do circuito abdicarem da organização da prova após 2019 foi accionada por motivos financeiros e, desde que isso aconteceu, ainda não foi alcançado um acordo com a Liberty Media – o que não significa necessariamente falta de interesse por parte dos britânicos.

O director do circuito de Silverstone, Stuart Pringle, afirmou citado pelo ESPN que se está a diversificar um negócio que até agora era apenas baseado nas receitas do GP: “Ficámos em apuros porque tínhamos um negócio meramente financiado pelo Grande Prémio. Portanto tivemos de nos diversificar e estamos a fazer isso. Estamos a construir um hotel, tivemos a abertura da Silverstone Experience e temos algum alojamento de luxo adicional para estadias curtas”.

Com o rumo dos acontecimentos a ser encorajador, o responsável admite manter a F1 em Silverstone, mas não a qualquer preço, como frisou: “As coisas estão a rumar na direcção certa e isso dá-nos confiança para dizer que Deus sabe que queremos manter o GP, mas não a qualquer preço. Vamos ter um negócio mais amplo, mais diverso, que possa sobreviver sem isso. Mas preferiria ter um negócio com isso [o GP]”.

Related posts

Kvyat fechou testes de pneus para chuva da Pirelli com 118 voltas a Fiorano

Bernardo Matias

Ross Brawn: “Ter Schumacher era uma enorme motivação”

Bernardo Matias

Marcus Ericsson admite estar apreensivo com o futuro

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com