12 C
Lisbon
22 Fevereiro 2019
Formula 1

Sebastian Vettel continua a ver a Mercedes como favorita

Sebastian Vettel acredita que a Mercedes continua a ter o favoritismo na Fórmula 1 apesar de ter conquistado a vitória no GP da Austrália que inaugurou a temporada. O piloto da Ferrari não faz previsões para o GP da China deste fim-de-semana, recordando que no passado já teve desfechos imprevisíveis.

Na conferência de imprensa de antevisão em Xangai, em resposta ao jornal Corriere della Sera, Vettel atribuiu o favoritismo aos rivais: “É óbvio que acho que a Mercedes ainda tem que ser a favorita. Tivemos uma primeira corrida bastante forte. No interior da equipa encaramos as coisas corrida a corrida. Sabemos que temos um bom monolugar que nos coloca numa posição forte mas há muito que fazer para nos mantermos na posição onde estamos”.

O germânico não arriscou antecipar resultados para a prova chinesa, recordando que no passado provou ter uma dose de incerteza:

– É verdade que a pista é completamente diferente. A meteorologia é completamente diferente. É um Grande Prémio sempre cheio de surpresas desde que me lembro. Acho que em 2007 tive a minha primeira corrida aqui. Parti de 17.º ou 18.º com o Toro Rosso e acabei em quarto. Tivemos a chuva sempre a ajudar-nos. Nunca se sabe o que vai acontecer aqui. É uma pista exigente para os monolugares, pneus e pilotos e portanto impossível de prever alguma coisa”.

Related posts

George Russell: “Estive numa posição muito feliz nos dois últimos anos”

Bernardo Matias

Brown considera que a tomada de decisões na McLaren não é tão ágil como deve ser

Bernardo Matias

Boullier: “GP do Azerbaijão foi um grande espectáculo mas não é a F1 normal”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com