All for Joomla All for Webmasters
Ralis

Triunfo de Lukyanuk nas Canárias; Bruno Magalhães sétimo e Diogo Gago vitorioso no ERC Junior sub-27

Imagem: Thomas Fenetre / DPPI

Alexey Lukyanuk está imparável e confirmou esta tarde o segundo triunfo da época no Europeu de Ralis (ERC) na segunda ronda, o Rali das Ilhas Canárias. Bruno Magalhães foi o sétimo classificado depois de sentir várias dificuldades ao longo da prova.

Depois de controlar durante o dia de sexta-feira e a manhã de sábado, a última tarde foi de sentido único, com Lukyanuk a ganhar as três classificativas disputadas para terminar o rali com 51,4s de vantagem para Nikolay Gryazin (Skoda). O russo do Ford superou Łukasz Habaj (Ford) por 1,4s na PEC 12, na qual Gryazin foi quarto a 2,5s e Magalhães foi 12.º e manteve-se em sétimo da geral. Diogo Gago, em Peugeot, bateu Simon Wagner (Peugeot) nas contas do ERC Junior sub-27 e cimentou o comando da categoria à frente de Mārtiņš Sesks (Opel).

A segunda passagem por Moya constituiu a 13.ª e penúltima classificativa, na qual Lukyanuk foi 3,1s mais rápido do que Gryazin ficando ainda mais perto do triunfo final. Eyvind Brynildsen (Ford) fez um surpreendente terceiro registo na frente de Fabian Kreim (Skoda), sendo Iván Ares (Hyundai) o quinto mais rápido. Com o nono tempo, Magalhães caiu para oitavo na geral, ultrapassado por Ares. No ERC Junior sub-27, nova vitória deixou Gago com 11 segundos exactos de vantagem para Sesks.

Esta edição do Rali das Ilhas Canárias fechou com Lukyanuk a ganhar na PEC 14 6,2s na frente de Kreim e Laurent Pellier (Peugeot), sendo Magalhães o quarto mais rápido a par de Brynildsen. Este foi o melhor resultado em classificativa do português, que assim pôde chegar ao sétimo posto da geral terminando a mais de 2m21s do vencedor. Com o segundo tempo da classificativa, Kreim selou o terceiro posto do rali, cujo top cinco foi fechado por José António Suárez (Hyundai) e Pellier.

Diogo Gago ficou em segundo na última especial no que ao ERC Junior sub-27 diz respeito, atrás de Sesks, mas o letão não ganhou tempo suficiente ao algarvio para impedir a sua vitória com 8,9s de vantagem. No ERC 3, Gago também esteve sempre entre as posições cimeiras e terminou em segundo a 35,8s de Florian Bernardi (Renault).

Logo após o fim do rali, Magalhães comentou: “Foi um rali muito difícil para nós. Tive uma classificativa limpa mas perdi muito tempo durante todo o fim-de-semana. Seguramente não foi um bom fim-de-semana mas estamos aqui”.

Bem mais satisfeito estava, naturalmente, o vencedor Lukyanuk: “É fantástico, estivemos a atacar todo o fim-de-semana. Estou feliz com a prestação, muito obrigado aos meus patrocinadores, à minha equipa e aos meus adeptos, são todos grandes”, disse.

Top dez final:

Triunfo de Lukyanuk nas Canárias; Bruno Magalhães sétimo e Diogo Gago vitorioso no ERC Junior sub-27
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com