16.3 C
Lisbon
20 Novembro 2018
Formula 1

Räikkönen bateu Hamilton por 0,011s no FP2 para o GP de Singapura

Kimi Räikkönen foi o mais rápido do segundo treino livre para o GP de Singapura de Fórmula 1, no qual o seu colega da Ferrari Sebastian Vettel teve uma colisão com as barreiras do traçado de Marina Bay. Lewis Hamilton levou o seu Mercedes ao segundo posto.

O melhor tempo de Räikkönen (1m38,699s) foi feito já na última hora e permitiu-lhe superar Hamilton por 11 milésimas. O britânico, que bloqueou uma travagem para evitar bater em Vettel na curva 14, chegou a passar pelo topo no início das simulações de qualificação, ultrapassando na altura o colega Valtteri Bottas.

O finlandês foi também ultrapassado pelos Red Bull de Max Verstappen e Daniel Ricciardo, encerrando assim o lote dos cinco mais rápidos. A Renault voltou a ser ‘a melhor das outras’, desta feita com Carlos Sainz em sexto, seguindo-se o Haas de Romain Grosjean e o McLaren de Fernando Alonso, em oitavo.

Vettel foi o nono mais rápido. O homem da Ferrari estava a perseguir os melhores tempos quando colidiu com as barreiras na saída da curva 21. Ainda conseguiu voltar às boxes, mas os danos mantiveram-no dentro da garagem no restante FP3. O top dez foi completado pelo Renault de Nico Hülkenberg.

De referir que a Racing Point Force India apresentou evoluções em ambos os monolugares, mas Sergio Pérez e Esteban Ocon não foram além dos 11.º e 13.º lugares, respectivamente.

Tempos:

Related posts

Alguns pilotos deixaram a sua marca durante a 1ª Sessão de Treinos Livres

Redacção

GALERIA: O dia em que a neve parou os testes de F1…

Bernardo Matias

Kimi Räikkönen: “É extremamente bom voltar aonde tudo começou”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com