18.5 C
Lisbon
22 Outubro 2018
WRC

Pilotos do WRC criticam alguns saltos artificiais

Os pilotos do Mundial de Ralis (WRC) expressaram a sua insatisfação com a criação de saltos artificiais nas classificativas, pretendendo uma uniformização desses elementos. Esta posição surge dias depois de Ott Tänak ter sido forçado a abandonar o Rali da Sardenha num salto que aconteceu na especial de Monte Baranta em que danificou o sistema de arrefecimento do seu Toyota.

Após a prova italiana, Sébastien Ogier revelou à publicação britânica Autosport que os pilotos não querem saltos artificiais com certas características: “Como pilotos, todos concordámos que não é inteligente construir esses saltos artificiais curtos a meio de longas rectas. Não tenho nada contra os saltos, adoro-os e podem fazer tantos saltos quantos quiserem, mas façam-nos progressivos e não tão acentuados e curtos. Vimos em sexta velocidade e é estúpido. É mau para um World Rally Car, mas não quereria fazer estes saltos num R5”.

Malcolm Wilson apoiou o seu piloto, ao sugerir ‘regras’ para os saltos: “Seria boa ideia criar algumas orientações para a construção de saltos. O Gaurav [Gill] destruiu a dianteira do seu carro naquele salto. Não é muito sensato”.

Créditos da imagem: Jaanus Ree/Red Bull Content Pool

Related posts

Nova vitória de Meeke na PEC 12; Evans com liderança encurtada na Argentina

Bernardo Matias

Ogier e o Rali da Finlândia: “Estás a lutar por décimas de segundo”

Bernardo Matias

VÍDEO: O resumo da época de 2017 do WRC

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com