14 C
Lisbon
17 Fevereiro 2019
Destaques Non classé

Ogier acabou manhã de sábado 5,3s na frente de Neuville no Rali de Monte Carlo

Continua a luta renhida pela vitória no Rali de Monte Carlo entre Sébastien Ogier e Thierry Neuville. Os dois chegam ao fim da manhã deste sábado separados por pouco mais de cinco segundos, faltando seis classificativas para o término da prova inaugural do Mundial de Ralis (WRC).

Ott Tänak, da Toyota, abriu este sábado solarengo em Monte Carlo com o melhor tempo da PEC 9 (Agnières-en-Dévoluy/Crops 1) ao bater o colega Kris Meeke por quatro décimas. Com os dois já atrasados na geral, o interesse continuava a residir na batalha Ogier/Neuville. O primeiro destes, aos comandos de um Citroën, foi o terceiro neste troço ganhando 3,6s ao rival da Hyundai que foi quarto.

Teemu Suninen, num Ford da M-Sport, fechou o top cinco, enquanto Sébastien Loeb (Hyundai) foi sexto e conseguiu voltar ao terceiro posto do rali graças aos contratempos de Andreas Mikkelsen (que perdeu uma roda do seu Hyundai sendo forçado ao abandono) e do outro Toyota, de Jari-Matti Latvala. Esapekka Lappi foi teve de desistir devido a problemas de motor no seu Citroën.

Seguiu-se a primeira passagem em St. Léger-les-Mélèzes/La Bâtie-Neuve para a décima especial, em que Tänak terminou novamente no topo. Desta feita, superou Latvala por 5,8s, com Neuville em terceiro a recuperar três décimas a Ogier. O francês foi quinto também atrás de Meeke e assim termina a parte da manhã com 5,3s de margem face a Neuville na geral. Em terceiro no rali segue Latvala, que foi capaz de ultrapassar Loeb depois deste se quedar pelo sétimo registo da PEC 10.

No WRC 2, Yoann Bonato (Citroën) reforçou a liderança. Na PEC 9 foi o mais rápido da classe batendo o Volkswagen de Ole Christian Veiby por 11,5s, enquanto no troço seguinte foi segundo a nove décimas de Guillaume de Mevius (Citroën). O belga assumiu com esse resultado a vice-liderança a 2m20,7s de Bonato, isto porque Adrien Fourmaux (Ford) se atrasou nesta classificativa e caiu de segundo para terceiro.

No final da manhã, Ogier afirmou ao site oficial da prova: “Esta manhã foi muito complicada, na primeira especial com muito gelo e neve houve aderência muito baixa na maior parte do tempo. Estou feliz por estar aqui e ter dilatado a vantagem. Houve por vezes muitos sobe e desce nos parciais entre mim e o Thierry quando eu estava a gerir os pneus. Por vezes é muito renhido entre nós, até agora tudo bem”.

Top dez da geral após a PEC 10:

Créditos da imagem de capa: © Citroën Racing

Related posts

Ricardo Moura no CNR 2017

Bernardo Matias

Pilotos criticam chicanes artificiais no Rali da Finlândia

Bernardo Matias

Niki Lauda: “Acredito que Bottas pode ser tão rápido como Rosberg”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com