13 C
Lisbon
18 Fevereiro 2019
Dakar

Lançamento da oitava etapa do Dakar

O Dakar prossegue este domingo com a oitava etapa, que liga Uyuni e Tupiza. Nesta segunda parte da etapa maratona, há apenas 87km de ligação e 497km de classificativa para os carros, a maior até agora e segunda maior no itinerário todo.

O dia é novamente passado a alta altitude, sempre acima dos 3.000 metros atingindo os 4.800 metros acima do nível do mar no ponto mais alto. O piso é 78 por cento terra, 15 por cento em areia e sete por cento vegetação. De referir que os camiões têm 180km de ligação e 381km cronometrados.

Sainz com vantagem sólida nos carros, mas…
Depois dos contratempos sofridos ontem por Stéphane Peterhansel, Carlos Sainz ficou na liderança com mais de 1h11m de vantagem face ao segundo classificado, Nasser Al-Attiyah. Vindo de dois triunfos consecutivos, o espanhol da Peugeot está num bom momento de forma e com uma margem significativa. No entanto, já se viu neste Dakar que tudo pode acontecer e, do quarteto de pilotos Peugeot de fábrica, só Sainz ainda não sofreu contratempos de maior… Quanto a Carlos Sousa, depois do 23.º posto de ontem ascendeu a 20.º lugar da geral.

Top cinco:
1.º Carlos Sainz (Peugeot), 21h41m38s
2.º Nasser Al-Attiyah (Toyota), + 1h11m29s
3.º Stéphane Peterhansel (Peugeot), + 1h20m46s
4.º Giniel de Villiers (Toyota), + 1h20m54s
5.º Bernard ten Brinke (Toyota), + 1h25m04s
20.º Carlos Sousa (Renault), + 11h26m13s

Nikolaev mais isolado nos camiões
Depois de mais uma etapa renhida com diferenças marginais entre os primeiros classificados, Eduard Nikolaev manteve uma vantagem considerável no comando do Dakar em camiões, com cerca de 50 minutos a separá-lo do segundo classificado Federico Villagra. A vitória final parece ser uma questão a decidir entre o russo da Kamaz e o argentino da Iveco, uma vez que o terceiro classificado Siarhei Viazovich está a realizar uma prova positiva mas já segue a praticamente duas horas do vice-líder.

Top cinco:
1.º Eduard Nikolaev (Kamaz), 23h43m01s
2.º Federico Villagra (Iveco), + 49m47s
3.º Siarhei Viazovich (MAZ), + 2h49m08s
4.º Martin Macík (LIAZ),  + 3h15m35s
5.º Ton van Genugten (Iveco), + 4h24m05s

As cidades de partida e chegada
Uyuni recebe a partida da oitava tirada deste Dakar, tratando-se de uma cidade localizada no sudoeste da Bolívia e capital da Província Antonio Quijarro. Inclui locais de interesse histórico e natural (como as Lagunas de Colores, o Salar de Uyuni, os Géiseres ou a Reserva nacional de fauna andina Eduardo Abaroa). Ao nível produtivo, destaque para a quinoa, que há alguns anos superava os 910.000kg anuais, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística boliviano.

Tupiza é o palco da chegada desta tirada. Localizada no vale do rio com o mesmo nome, terá sido fundada entre o fim de 1535 e o início de 1536, dados no entanto pouco precisos que, a confirmarem-se, a tornam uma das cidades mais velhas do colonialismo espanhol na Bolívia. A actividade mineira é um dos motores da economia da região, com a mineração de metais como prata, chumbo, estanho, zinco, cobre e antimónio.

Salar de UyuniPlaza Principal de Tupiza

Mapa e perfil (carros)

Mapa ; Créditos: dakar.comPerfil ; Créditos: dakar.com

Mapa e perfil (camiões)

Mapa Camiões ; Créditos: dakar.comPerfil Camiões ; Créditos: dakar.com

Horários de partida (hora de Portugal Continental)
Carros: 12h49
Camiões: 14h01

Related posts

Nasser Al-Attiyah: “Precisávamos de atacar, mas não loucamente”

Bernardo Matias

Tatra entra a ganhar no Dakar em camiões

Bernardo Matias

Carlos Sainz a duas etapas da vitória…

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com