13 C
Lisbon
18 Fevereiro 2019
Dakar

Lançamento da décima etapa do Dakar

Depois do cancelamento da nona etapa, agendada para ontem, devido ao mau tempo, o Dakar entra esta terça-feira na Argentina com a décima tirada da prova. Liga Salta a Belén num total de 373km cronometrados que surgem depois de uma longa ligação de 424km. Os pilotos descem de uma altitude que chega a rondar os 3.000 metros até aos cerca de 800m, antes de voltarem a subir até cerca dos 1.200m de altitude.

Num dia com 75 por cento do piso em areia, nove por cento em terra, oito por cento em pedras e oito por cento em vegetação, a organização refere que numa primeira parte do percurso atravessa-se uma vasta meseta de areia. Depois, passam pelo mesmo caminho dos veículos de assistência que estão a caminho de Belén e poderão intervir nas viaturas de competição durante a ligação cronometrada. A navegação também será difícil, com vários atravessamentos de rios na parte final.

Peugeot domina autos com Sainz
Carlos Sainz perdeu pouco terreno na liderança na etapa do passado domingo, mantendo-se com mais de uma hora de margem face ao segundo classificado Nasser Al-Attiyah (Toyota). Ontem, o espanhol ainda foi penalizado em dez minutos, o que não tem um impacto significativo na sua vantagem. Stéphane Peterhansel segue como o terceiro mais rápido e, caso Sainz não sofra grandes percalços, deverá estar destinado a lutar pelo segundo lugar com Al-Attiyah. Os quarto e quinto classificados, Bernhard ten Brinke e Giniel de Villiers (Toyota) também não estão muito longe do gaulês da Peugeot.

Top cinco:
1.º Carlos Sainz (Peugeot), + 27h14m00s (+ 10 minutos)
2.º Nasser Al-Attiyah (Toyota), + 56m37s
3.º Stéphane Peterhansel (Peugeot), 1h03m42s
4.º Bernard ten Brinke (Toyota), + 1h13m00s
5.º Giniel de Villiers (Toyota), + 1h27m09s

Nikolaev sólido no comando dos camiões
Apesar da vantagem perdida no sábado e no domingo, Eduard Nikolaev (Kamaz) continua com uma distância relativamente tranquila face ao segundo classificado Federico Villagra. O argentino da Iveco entra agora no seu país-Natal em busca de demover o russo da liderança e assim ganhar o seu segundo Dakar. É uma tarefa difícil, mas não impossível, para Villagra. Atrás de ambos seguem Martin Macík (LIAZ), Siarhei Viazovich (MAZ) e Airat Mardeev (Kamaz) que, ao que tudo indica nesta altura, discutirão o lugar mais baixo do top três.

Top cinco:
1.º Eduard Nikolaev (Kamaz), 28h15m06s
2.º Federico Villagra (Iveco), + 46m25s
3.º Martin Macík (LIAZ),  + 3h29m25s
4.º Siarhei Viazovich (MAZ), + 3h59m35s (+ 20 minutos)
5.º Airat Mardeev (Kamaz), + 4h23m20s

As cidades de partida e chegada
O arranque da tirada é em Salta, capital da província homónima. A cidade tem 535.303 habitantes, o que a torna a sétima mais povoada da Argentina. Localiza-se a este dos Andes, em pleno Vale de Lerma e perto da fonte do rio Salado. A província em si possui diversas paisagens de interesse, com pradarias, floresta e também os vales Calchaquíes. A cidade de Salta em particular inclui diversos sítios de interesse turístico entre museus, formações naturais, locais religiosos e monumentos – como por exemplo a Catedral Basílica de Salta, a Basílica de São Francisco, o Monumento à Batalha de Salta ou a Colina San Bernardo.

Os pilotos rumam a Belén, cidade que se situa entre montanhas imponentes. É conhecida como a ‘casa nacional do Poncho’, uma peça de roupa típica da região. Apesar da ocupação humana do território da cidade remontar já aos tempos pré-coloniais, só em 1681 é que a cidade foi fundada, como Nuestra Señora de Belén. Este nome deriva ou da Virgem do Santuário de Nossa Senhora de Belém em Espanha ou então pela adoração à referida figura religiosa.

Salta vista desde o teleférico.Vista de Belén a partir do miradouro.

 

Mapa e perfil

Mapa ; Créditos: dakar.comPerfil ; Créditos: dakar.com

Horários de partida (hora de Portugal Continental)
Carros: 14h01
Camiões: 16h01

Related posts

Carlos Sainz: “Não sei se a Peugeot vai voltar ao Dakar”

Bernardo Matias

Peterhansel: “Foi um bom resultado para a Peugeot” na segunda etapa

Bernardo Matias

Peterhansel: “Estamos melhores do que esperávamos”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com