All for Joomla All for Webmasters
Formula 1

Só uma vaga por preencher na F1 para 2018

Com a confirmação de Charles Leclerc e Marcus Ericsson como pilotos da Sauber em 2018, o pelotão da Fórmula 1 para o próximo ano ficou praticamente fechado, com apenas uma vaga por confirmar – na Williams ao lado de Lance Stroll. Deixamos-lhe aqui um resumo do figurino da ‘grelha’ da temporada que começará em Março na Austrália.

Mercedes: Lewis Hamilton e Valtteri Bottas continuam na equipa germânica, com os seus contratos a expirarem, até ver, no final de 2018.

Ferrari: Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel farão dupla pelo quarto ano consecutivo, naquele que pode ser o último do finlandês. Já o germânico tem vínculo até 2020.

Red Bull-TAG Heuer: Daniel Ricciardo e Max Verstappen voltam a iniciar a temporada na formação rubrotaurina. Se o holandês renovou até 2020, já o australiano ainda não tem contrato para após 2018.

Force India-Mercedes: Sem grande surpresa, Esteban Ocon e Sergio Pérez mantêm-se na equipa de Vijay Mallya, isto depois de um 2017 em que protagonizaram alguns incidentes entre si mas mesmo assim deram solidez à Force India.

Williams-Mercedes: Lance Stroll continua depois de um ano de estreia em que chegou a um pódio conseguindo por isso o melhor resultado da equipa. Com Felipe Massa de saída da F1, a outra vaga em Grove é a única em aberto neste momento. Robert Kubica é visto como principal candidato, mas Daniil Kvyat, Pascal Wehrlein, Pau di Resta e Sergey Sirotkin também estarão ‘na corrida’.

Renault: Nico Hülkenberg chegou este ano à equipa francesa com um acordo de vários anos, pelo que continua em 2017. Carlos Sainz, emprestado pela Red Bull, mantém-se na Renault depois de ter feito os últimos quatro GP deste ano sucedendo a Jolyon Palmer.

Toro Rosso-Honda: Será uma época de grandes novidades em Faenza. Além da chegada das unidades motrizes Honda, Brendon Hartley e Pierre Gasly são os dois pilotos daquela que é a única equipa a alterar por completo o seu ‘line-up’ em 2017. Daniil Kvyat deixou a F1 e Sainz rumou à Renault ainda em 2017.

Haas-Ferrari: Kevin Magnussen e Romain Grosjean chegaram em 2017 e conseguiram colocar a equipa a lutar pelo sexto lugar do Mundial de Construtores. A continuidade é aposta dos norte-americanos para o seu terceiro ano.

McLaren-Renault: Com a Renault a substituir a Honda como fornecedora de unidades motrizes, Fernando Alonso ‘convenceu-se’ a ficar pelo menos por mais um ano. Stoffel Vandoorne continua a merecer a confiança dos britânicos.

Sauber-Ferrari: Depois de um ano de profundas alterações do ponto de vista organizativo, a Sauber vai para 2018 com Charles Leclerc a entrar e Marcus Ericsson a continuar. Os motores Ferrari actuais serão a maior novidade dos helvéticos. Pascal Wehrlein deixa Hinwil e, possivelmente, a F1.

Pelotão de F1 para 2018 já conhecido:

* Equipas ordenadas pelo Mundial de Construtores de 2017; pilotos ordenados pelos seus números.

Só uma vaga por preencher na F1 para 2018
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com