All for Joomla All for Webmasters
Formula 1

Jean Todt: “O Schumacher estava sempre cheio de dúvidas”

À margem da abertura do Salão da Fama da FIA, Jean Todt realçou a humildade e falta de arrogância em Michael Schumacher, falando do heptacampeão germânico como uma pessoa a apresentar sempre dúvidas sobre se era ou não um bom piloto.

Citado pelo jornal La Stampa, o actual presidente da FIA e ex-chefe de equipa da Ferrari na altura de Schumacher, começou por falar assim do piloto que continua a recuperar de um grave acidente de esqui sofrido em 2013: “Sentimos falta do Michael. Ele ainda está a lutar. O Michael é uma pessoa muito especial, para o mundo do automobilismo, para mim é um verdadeiro amigo e continua a lutar para recuperar”.

De seguida, Todt revelou que, mesmo com as suas conquistas, Schumacher sempre manteve a humildade e era frequente ter dúvidas:

– Estava prestes a começar a época de 2001 e, timidamente, o Michael, apesar de ser campeão mundial perguntou-me se autorizava alguns testes em Fiorano para se assegurar que ainda estava apto a pilotar. Estava sempre cheio de dúvidas, se era ou não um bom piloto. Isto demonstra a sua humildade e uma completa falta de arrogância”.

Jean Todt: “O Schumacher estava sempre cheio de dúvidas”
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com