All for Joomla All for Webmasters
Formula 1

F1 quer problemas de segurança resolvidos para o GP do Brasil

O GP do Brasil de Fórmula 1 ficou marcado por mais do que um episódio de assalto, inclusive à mão armada, nas imediações do Autódromo de Interlagos. Equipas, Pirelli e a própria FIA foram alvo dos assaltantes, mas o que aconteceu este fim-de-semana não é inédito na prova disputada em São Paulo, pelo que os dirigentes do campeonato querem que a segurança seja mais elevada.

Em declarações à Press Association Sport, um porta-voz da F1 começou por frisar que o campeonato não é responsável pela segurança no traçado:

– Estamos extremamente desapontados com os acontecimentos da última semana. De facto, desapontados não é sequer uma palavra suficientemente forte. Mas a responsabilidade não é nossa. A segurança dentro do circuito cabe ao promotor e têm que manter o contacto com as autoridades locais. Temos a nossa própria equipa de segurança que viaja connosco e eles estão em contacto com as autoridades locais. Estamos activamente envolvidos mas não podemos ser peritos em cada cidade a que vamos”.

O mesmo porta-voz sublinhou que a F1 espera que no futuro não se repitam estas situações: “Não queremos que estas coisas aconteçam. Temos um ano até à próxima corrida e ficaríamos extremamente desapontados se as coisas não fossem analisadas. Tenho a certeza que as autoridades locais estão a encarar isto com seriedade. As pessoas que saem do circuito ficam expostas e é óbvio que estão em desvantagem e é algo que precisa de ser resolvido”.

F1 quer problemas de segurança resolvidos para o GP do Brasil
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com