9.8 C
Lisbon
19 Dezembro 2018
Circuitos

Formula E: Apresentado novo traçado de Santiago do Chile

A organização da Formula E apresentou hoje o traçado onde os carros irão andar em Santiago do Chile. Vai ser diferente daquela onde andaram na temporada passada, pois terá carotze curvas e será numa localização mais central da cidade, à volta da Movistar Arena, na capital chilena, diferente da que foi em 2018, onde foi organizado à volta do Parque O’Higgins.

Contudo, a corrida acontecerá a 26 de janeiro, que será a mesma que das 24 horas de Daytona, prova do qual em principio participarão alguns dos pilotos inscritos na Formula E, como Robin Frijns, Sam Bird, Alexander Sims e Antonio Felix da Costa. Caso eles sejam convocados para correr a prova de endurance americana, estarão perante uma escolha complicada.

“Mudamos agora a localização, aprendemos e escutamos os vizinhos – estamos conversando com eles para mitigar as partes negativas que significaram organizar esse evento dentro do Parque O’Higgins”, disse Felipe Alessandri, presidente da câmara de Santiago.

“Portanto, o trabalho é feito durante o dia e mantendo o acesso aberto – as piscinas e áreas de lazer [estarão] ainda em funcionamento”, continou.

“Como aconteceu no Parque Florestal, as verbas obtidas pelo conceito de direitos municipais são investidas em projetos que melhoram a qualidade de vida dos moradores – como a instalação de nova iluminação pública, recuperação de fachadas, cabeços e melhorias nos parques infantis, áreas para animais de estimação, e a instalação de uma zona de exercício”, concluiu.

A mesma coisa foi dita por parte do governo, através da ministra do desporto, que afirma a realização do ePrix de Santiago ser uma boa maneira de levar o nome da cidade e do país aos quatro cantos do mundo.

“Estamos muito felizes porque a Fórmula E vai voltar ao Chile em janeiro ”, disse Pauline Kantor, a ministra do desporto chilena.

“É uma ótima notícia para todos, porque significa que estamos preparados para a tarefa de organizar grandes eventos, o que também nos dá muita visibilidade e faz o Chile brilhar fora. É uma notícia muito boa, não só no desporto, mas também no turismo – significa que podemos projetar nosso país para todos os cantos do mundo”, concluiu.

Em 2018, a corrida foi vencida pelo Techeetah de Jean-Eric Vergne, em dobradinha com André Lotterer.

Related posts

Piloto perdeu a vida em acidente nos F1 Históricos em Zandvoort

Bernardo Matias

Edoardo Mortara reconduzido na Venturi para a Fórmula E 2018-2019

Bernardo Matias

HISTÓRIA: O GP de Portugal de 1992

Redacção

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com