All for Joomla All for Webmasters
Circuitos

Racing Engineering entrou a vencer nas ELMS; Chaves 11.º após rodar no top três

Imagem: Photo©JEP - www.jakobebrey.com

Estreia vitoriosa da Racing Engineering nas European Le Mans Series (ELMS), com Norman Nato, Paul Petit e Olivier Pla a terminarem no topo das 4 Horas de Le Castellet aos comandos do Oreca #24. O trio superou o TDS Racing #33 (François Perrodo/Loïc Duval/Matthieu Vaxivière) por pouco menos de cinco segundos. O carro de Henrique Chaves dividiu com Konstantin Tereshchenko acabou em 11.º, mesma posição em que começou.

No final da primeira hora a liderança era do #21 da DragonSpeed depois de um forte arranque de Nicolas Lapierre que nos primeiros momentos da prova ultrapassou Perrodo e Memo Rojas (que tinha arrancado da pole no #28 da IDEC Sport). O gaulês permaneceu no topo da classificação nas duas primeiras horas antes de sofrer um furo lento que o atirou para segundo. Depois, cedeu o carro a Henrik Hedman, que esteve envolvido num forte acidente com o Ferrari #55 de Duncan Cameron. Esta colisão motivou um safety car.

Na altura já liderava o carro da Racing Engineering com Petit aos comandos. A neutralização anulou uma vantagem que rondava meio minuto, sendo perseguido por André Negrão (Signatech Alpine #36), que no entanto não conseguiu encontrar forma de assumir o comando até que a pouco menos de uma hora e um quarto do fim Petit parou para ceder o #24 a Olivier Pla.

Negrão também acabou por parar nas boxes para dar o volante a Pierre Thiriet, mas o piloto gaulês voltou à pista na frente de Pla. Este, por seu turno, conseguiu ultrapassar facilmente o seu compatriota depois da recta Mistral. Depois de uma última paragem nas boxes a 35 minutos do final, Pla assegurou a vitória para a Racing Engineering. Em segundo acabou o carro #33 da TDS Racing que não teve que abastecer na recta final da prova, enquanto Nelson Panciatici, Nico Jamin e Pierre Ragues levaram o Oreca da Duqueine Engineering ao terceiro posto.

Quanto a Chaves e Tereshchenko no Dallara da AVF, foi o russo a fazer o primeiro ‘stint’ apresentando um bom ritmo antes do português assumir o comando. Depois do safety car, Chaves chegou a rodar em terceiro, mas sofreu um toque de um rival que o fez perder posições, cortando então a meta no 11.º posto em que também se qualificara.

Nas outras categorias, Job van Uitert, John Farano e Rob Garofall levaram de vencida nos LMP3 para a MSport, superando Giorgio Mondini, James Dayson e Kay Van Berlo (Eurointernational) por cerca de 32 segundos. O pódio da classe foi fechado por David Droux, Lucas Legeret e Nicolas Ferrer ao serviço da M.Racing-YMR.

Gianluca Roda, Giorgio Roda e Matteo Cairoli lideraram durante grande parte da prova nos LMGTE aos comandos do Porsche #88 da Proton, mas Miguel Molina acabou por levar a melhor sobre Cairoli nos últimos momentos para ganhar no Ferrari #66 que partilhou com Alex MacDowall e Liam Griffin. Outro Porsche, da Ebimotors, ficou no terceiro lugar com Fabio Babini, Raymond Narac e Riccardo Pera no cockpit.

Racing Engineering entrou a vencer nas ELMS; Chaves 11.º após rodar no top três
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com