12 C
Lisbon
22 Fevereiro 2019
Circuitos

Brabham tem recebido diversos contactos para fazer regressar o nome à F1

Ao longo dos últimos anos, existiram várias abordagens para que o nome Brabham voltasse à Fórmula 1. A histórica equipa saiu do campeonato em 1992 e recentemente David Brabham, filho do fundador Jack, travou um litígio para recuperar o direito ao uso do apelido com o intuito de disputar as 24 Horas de Le Mans futuramente (mais concretamente em 2022).

Mas houve quem quisesse levar o nome Brabham de volta à F1, como revelou David ao site Motorsport.com: “Se dissesse quantas pessoas nos contactaram a dizer que comprariam uma equipa de F1 e a chamariam Brabham, a lista seria longa. Mas ninguém foi capaz de comprar a equipa. No início, uma pessoa fica bastante feliz, mas depois de algum tempo aprende. Chega a um ponto em que aprendes a lição e dizes-lhe para demonstrarem que têm fundos. Assim não perdemos o nosso tempo”.

Em 2013 David Brabham recuperou os direitos do uso do nome da sua família e teve vários contactos, inclusive para este ano segundo alguns rumores – sendo lógico pensar que se tratou da Racing Point, que adquiriu a Force India. Já em 2010 houve uma tentativa de Franz Hilmer, da Formtech, entrar na F1 sob a designação Brabham.

Related posts

Oliver Rowland venceu primeira corrida de F2 em Abu Dhabi

Bernardo Matias

Mick Scchumacher vai estrear-se no cockpit de um DTM este fim-de-semana

Bernardo Matias

Alejandro Agag rejeita ePrémio de Fórmula E na Índia

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com