12 C
Lisbon
22 Fevereiro 2019
Formula 1

Bottas quis ‘herdar’ engenheiros de Rosberg na Mercedes

Quando trocou a Williams pela Mercedes, Valtteri Bottas optou por não levar consigo os seus engenheiros – como é habitual nos pilotos – preferindo ‘herdar’ os que trabalharam com o seu antecessor Nico Rosberg, Tony Ross e Marcus Dudley. Isto pensando na adaptação a uma realidade completamente nova para si.

Numa entrevista exclusiva ao site Motorsport.com, o finlandês explicou que foi uma escolha sua desde que soube que rumaria à formação prateada: “Foi algo que decidi desde o início. Ouvi que iria trabalhar com o Tony e o Marcus, que eram os engenheiros do Nico. Portanto pensei que seria perfeito para mim porque poderia aprender muito com eles e ajudar-me-iam a aprender como a equipa trabalha. Pensei que era o melhor”.

Bottas confirmou que a maneira de funcionar da equipa é distinta do que tinha na Williams, tendo por isso que se adaptar: “Seguramente que as pessoas trabalham de forma diferente. Cada ser humano é diferente e trabalhas de maneira distinta com todos. A equipa tem um tipo de abordagem diferente às reuniões, novos sistemas, novos termos, novos trabalhos. Claro que tive que me adaptar à forma de trabalhar da equipa”.

E acrescentou: “Essa foi uma das razões pela qual não trouxe ninguém da Williams comigo. Quis começar com pessoas experientes aqui porque conhecem melhor esta equipa. Portanto foi a razão para isso”.

Related posts

Pérez: “Na temporada passada existiu um contacto bastante sério com a Ferrari”

Bernardo Matias

Markelov ‘espreita’ vaga na Williams para 2019

Bernardo Matias

Monolugares de F1 vão ter novas luzes traseiras de chuva em 2019

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com