• Home
  • Ralis
  • Armindo Araújo ‘soma e segue’ com vitória no Rali Vidreiro
Destaques Ralis

Armindo Araújo ‘soma e segue’ com vitória no Rali Vidreiro

Armindo Araújo assegurou esta tarde mais um triunfo no Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). O experiente piloto do Team Hyundai Portugal dominou a quinta ronda da época (primeira em asfalto) para ganhar pela terceira vez consecutiva e assim cimentar o comando do campeonato. Os Skoda de Ricardo Teodósio e Pedro Meireles encerraram o pódio deste Rali Vidreiro Centro de Portugal marcado pelo grave acidente de Carlos Vieira.

A prova disputada na zona da Marinha Grande terminou com Adruzilo Lopes (Porsche) a ganhar na décima e última classificativa (Pinhal do Rei 3), ao ter batido Teodósio por 1,6s. Seguiram-se Miguel Barbosa (Skoda), José Pedro Fontes (Citroën) e Araújo, que não tinha que arriscar e ao perder apenas quatro segundos para Teodósio selou o triunfo com 27 segundos de vantagem. Meireles fez o sexto registo e assim assegurou o lugar mais baixo do pódio mais de 20 segundos à frente de Fontes. Adruzilo Lopes manteve o quinto posto batendo Barbosa por 5,9s no único carro GT que chegou ao fim.

Num rápido sumário da prova, Araújo entrou a liderar com os melhores tempos nas especiais de São Pedro de Moel – a primeira delas neutralizada devido ao grave acidente de Carlos Viera. Barbosa (Skoda) ganhou na super-especial nocturna na Marinha Grande aproximando-se da liderança. Este sábado foi praticamente sempre de sentido único, com Araújo a exercer de forma clara a supremacia. Depois de Barbosa furar durante a manhã, Teodósio assumiu-se como o principal perseguidor de Araújo.

O algarvio ainda foi o mais forte na PEC 7, na qual Araújo e outros pilotos não tiveram a escolha de pneus mais acertada, mas não teve argumentos para contrariar a superioridade do rival de Santo Tirso terminando a 27 segundos. Meireles chegou ao lugar mais baixo do pódio também depois dos contratempos de Barbosa, mantendo depois uma margem relativamente tranquila para Fontes, autor de uma boa recuperação até ao quarto lugar final. Adruzilo Lopes foi presença regular no top cinco da geral e selou o quinto posto à frente de Barbosa, que depois dos seus contratempos fechou o rali em sexto.

No que toca aos duas rodas motrizes, com três vitórias nos quatro troços vespertinos de sábado Pedro Antunes garantiu o triunfo. O homem do Peugeot superou Miguel Correia (Renault) por 8,8s, sendo António Costa o terceiro classificado a 13,8s aos comandos de um Peugeot – ele que chegou a passar pelo comando durante esta manhã. Daniel Nunes, vencedor da PEC 9, levou o seu Peugeot ao quarto lugar da categoria cujo top cinco foi encerrado por Gil Antunes (Renault). Paulo Neto, em Citroën, liderava à entrada deste sábado, mas um despiste na PEC 5 acabou por ditar o seu abandono.

Top dez final:

Créditos da imagem: Hyundai Portugal Motorsport

Related posts

Porsche campeã do WEC, Toyota ganhou em Xangai; Lamy na liderança dos GTE Am

Bernardo Matias

Presidente da Câmara de Portimão apoia o regresso da F1 a Portugal

Redacção

Vídeo: Abandono de Lewis Hamilton

Redacção

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Login

X

Register