13.3 C
Lisbon
20 Novembro 2018
Formula 1

Alonso: “Há mais amadores na F1 do que no WEC”

Fernando Alonso foi forçado a abandonar o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 na sequência de um acidente na primeira volta com Lance Stroll (Williams). O desfecho deixou o piloto bastante frustrado, tendo desabafado nas redes sociais que existem mais pilotos amadores na categoria-rainha do que no Mundial de Resistência (WEC) – onde compete com vários pilotos amadores em pista, especialmente dos GT.

Citado pelo Motorsport.com, Alonso afirmou: “Não estou irritado. Estou desapontado porque estou nove dias nos EUA para fazer uma corrida e faço 600 metros da corrida e sou atirado para fora. É assim que é, mas é mais um problema para a FIA se continuarem a permitir este tipo de pilotagem. Eu piloto noutro campeonato com pilotos teoricamente amadores e nunca houve um problema. Há mais amadores aqui do que no outro campeonato”.

O veterano de Oviedo acrescentou: “Talvez quando existir um grande acidente eles façam alguma coisa. Até lá tentaremos divertir-nos noutras categorias. onde compito contra 34 carros, contra pilotos amadores, contra homens de 60 anos e nada acontece. Aqui precisamos de lombas, como nos karts, portanto podemos bater todos uns nos outros”.

Por outro lado, Alonso considera que os pilotos da F1 não são mais agressivos do que os do WEC: “Não, o nível é mais baixo. Compito no WEC e eles são também muito agressivos e temos três classes diferentes, algusn pilotos amadores nos GTE-Am, mas não há acidentes entre pilotos. Há outra mentalidade”.

Créditos da imagem: Andrew Hone/McLaren

Related posts

Ricciardo triunfou num GP do Azerbaijão atípico

Bernardo Matias

Coleção privada de Schumacher em exibição permanente

Redacção

Lewis Hamilton: “O importante era limitar os danos”

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com