12 C
Lisbon
22 Fevereiro 2019
Formula 1

Abiteboul considera que a Honda não vai conseguir progredir tanto com a Red Bull

A Renault antecipa que a Honda irá sofrer em termos de progresso da sua competitividade devido à necessidade de ter uma boa fiabilidade de forma a cumprir o mais possível o máximo de unidades motrizes a usar numa só época. A Red Bull, nova parceira do construtor nipónico, espera manter fiabilidade e que o crescimento da unidade motriz Honda continue, mas Cyril Abiteboul acredita que isso pode não acontecer.

Ao site Motorsport.com, o director da Renault sustentou: “Para a Honda – sim, eles podem gastar tanto quanto quiserem na fábrica e decidiram introduzir tantos motores quanto quiseram em 2018, mas isso será naturalmente regulado se eles tiverem de incorrer em penalizações quatro ou cinco vezes na época que vem. Ninguém fala quando acontece à Toro Rosso, mas espero mais algum barulho se isso tiver de acontecer à Red Bull. Portanto, isso irá naturalmente abrandá-los”.

Neste contexto, Abiteboul é da opinião que a Honda não terá muitas chances de melhorar a sua unidade motriz em 2019: “Se eles quiserem cumprir com as regras terão no máximo duas ou três tentativas para melhorar a sua unidade motriz durante a temporada. Tal como aconteceu connosco no ano passado”.

Related posts

Haas não vai apelar da decisão relativa ao caso da Racing Point Force India

Bernardo Matias

Hülkenberg: “Sainz teve um impacto muito positivo”

Bernardo Matias

Pirelli revelou pneus para os GP do Bahrein e da Rússia

Bernardo Matias

Leave a Comment

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com